Todas já passamos pela experiencia de ter uma lista sem fim de coisas para fazer numa semana e só nos apetece desistir. Gostaríamos de algo que nos ajudasse a por mãos a obra. Assim, podemos ter uma ajuda com a coenzima Q10.

O Q10 veio tornar a vida mais fácil para qualquer pessoa cansada e com falta de energia. Juntamente com a vitamina C, contribui para o metabolismo normal de produção de energia. A importância da Coenzima Q10 relaciona-se com o facto de esta estimular o transporte dos eletrólitos para as mitocôndrias das células, otimizando o processo de energia.

0 Q10 é um nutriente estimulante natural e atua a nível celular, ajudando o organismo a produzir mais energia. Desta forma, contribui para uma maior disposição e saúde, melhora o desempenho e força muscular, retarda a fadiga e estimula a recuperação muscular.

A melhor parte? Não perturba o sistema nervoso, não causa insónias, nem cria habituação.

Múltiplos benefícios 
Sendo um combustível natural de todas as células do organismo, a coenzima Q10, quando tomada em suplemento, traz outros benefícios para além da sensação de energia que se mantém ao longo de todo o dia.

  • Pele mais bonita: as células da pele, com as ‘pilhas’ recarregadas pelo Q10, conseguem combater com mais eficácia ameaças como os radicais livres, o que contribui para uma pele mais firme e elástica.
  • Cabelo e unhas mais saudáveis: o aumento de energia também favorece o crescimento do cabelo, dando-lhe mais vida e volume e promove a saúde das unhas.
  • Células cerebrais: as células do cérebro necessitam de muita energia para funcionar em pleno. Um suplemento com Q10 é um bom estímulo da atividade cerebral.

Sabia que…

O Q10 está presente na alimentação, nomeadamente na carne (principalmente de vaca e de porco), na soja, nas sardinhas e nos brócolos.
• O nosso organismo (mais especificamente o fígado) produz coenzima Q10, mas esta produção endógena começa a diminuir por volta dos 20 anos.
• As células que mais dependem do Q10 encontram-se no coração, no cérebro, no fígado, nos rins e no sistema músculo-esquelético.
• Os suplementos de Q10 não têm efeitos secundários.
• As pessoas que tomam medicação para reduzir o colesterol têm necessidades adicionais de Q10.
• A ciência constatou que o Q10 pode ter um efeito positivo na insuficiência cardíaca, na infertilidade masculina e em determinadas doenças neurodegenerativas, como a doença de Parkinson e a doença de Huntington.
• Gengivas sãs: a suplementação com Q10 contraria, com eficácia, a hemorragia gengival e ajuda a manter o aspeto rosado das gengivas saudáveis.

 

Fontes: Revista Activa online | Revista Maxima | Prozis
Anúncios

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão /  Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão /  Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão /  Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão /  Alterar )

Connecting to %s