PODEMOS FALAR DE… “LITTLE BLACK DRESS”?

“Little Black Dress, surgiu no século XX com Coco Chanel que em 1926 transformou a cor de luto em cor da moda, fazendo do vestido preto um modelo moderno e versátil a ser utilizado por toda a mulher em qualquer situação ou evento.

Desde a sua divulgação por Chanel, o Vestido Preto transformou-se ao longo de épocas, e tendências, mas nunca saiu realmente de moda, sendo uma peça básica a ter em conta no guarda-roupa feminino.

ONDE USAR?

O vestido preto pode ser usado em diversos contextos, empresarial, social e cerimonial. Na empresa, num jantar, numa reunião de negócios, num cocktail, num after-hour, em cerimónias oficiais ou privadas.

A versatilidade do vestido preto adequa-se a todo e qualquer evento, formal ou informal, de dia, final da tarde ou até mesmo à noite, desde o mais simples ao mais elaborado.

COMO USAR?

Em contexto laboral, na empresa, refeição de negócios, ao fim do dia, o vestido preto adequa-se para assistentes de secretariado, assessoras de gabinete, executivas, diretoras.

O comprimento ideal é 2 cm acima do joelho. O decote deve de ser discreto; redondo, ou em V, manga curta ou comprida.

captura-de-ecra-2016-11-24-as-19-05-29

Os acessórios podem ser o complemento que faz a diferença e destaca o próprio vestido. Uma écharpe, ou lenço colorido é o acessório perfeito para dar cor ao vestido.

No caso de bijutaria ou jóias, com decote subido aplica-se, fios coloridos e compridos. Com decote em V, colares mais curtos.

Quando utilizado à  noite, o vestido preto pode ser a imagem de marca da mulher elegante. E aí,os acessórios, farão a diferença, nomeadamente o sapato de salto alto e a mala, que podem ser de cores contrastante, sobressaindo no preto. E a bijutaria pode ser mais arrojada, nas formas e nas cores.

d01662264d9058f919a7c7cd3ed79b02

O Vestido Preto é um básico a ser usado pelas mulheres de todas as idades e de todas as gerações. Não sai de moda, transforma-se e recria-se em todas as épocas.

captura-de-ecra-2016-11-24-as-19-09-17

O Vestido Preto é tão intemporal quanto a Mulher que o veste.

Captura de ecrã 2016-11-24, às 19.34.47.png

Anúncios

Cabelo: 5 erros que envelhecem a aparência das mulheres.

Leia este artigo e evite o envelhecimento involuntário! Revelamos os maiores pecados cometidos pelas mulheres

Que atire a primeira pedra a mulher que nunca correu para o cabeleireiro

 Afastar-se da sua cor de cabelo natural
A cor do cabelo que tem é perfeita para si e deve ser uma referência na hora de pintar o cabelo: quer fugir do resultado artificial e harmonizar com seu tom de pele? Não se afaste muito da sua cor natural. Ao pintar o cabelo, deve melhorar e enriquecer a sua cor natural. “Esta dica vale principalmente para quem tem tons quentes. Mesmo que fizer uma mudança radical, mantenha sempre os tons dourados, caso contrário, ficará com uma aparência envelhecida”.

Pintar o cabelo todo de preto
Um cabelo muito escuro não reflete luz. “Muitas mulheres, a fim de tapar os brancos,  aplicam a cor preta, o que é um erro, pois normalmente é azulada e deixa um visual muito pesado. Neste caso, é indicado usar um ou dois tons abaixo do seu, além de harmonizar, dar dimensão e criar pontos de luz, ou seja, um trabalho de madeixas, bem feito, deixa qualquer mulher mais jovem”.

Platinar demais o cabelo
Isso acontece muitas vezes em mulheres mais claras. Com a idade, é normal optar pela descoloração e madeixas como uma opção para cobrir os brancos. O grande problema é que algumas pessoas perdem a noção de sua ‘loirice’ e acabam por descolorar demasiado. O ideal é que o seu cabeleireiro lhe mostre o tom certo de louro que não deixe seu rosto pálido e sem vida, que pode dar uma aparência envelhecida- a parte mais escura deve ser onde suas raízes estão, e as extremidades devem ser mais leves e claras.

Não tratar das madeixas
O que é pior do que não tapar os cabelos brancos? Ter cabelos extremamente danificados. “Com a idade, o cabelo torna-se mais fraco e menos resistente, de modo que não se recupera tão facilmente de danos. A melhor coisa a fazer é prevenir esse desgaste, cuidando do fio de cabelo antes de qualquer processo de coloração. Faça tratamentos com proteínas e ativos nutrientes algumas semanas antes, até que o cabelo adquira um pouco mais de força e vitalidade”.

Abusar do calor
Todas as vezes que abusa das fontes de calor, lá se vai um pouco da humidade e, por consequência, o brilho de seu cabelo – o que acelera o processo de envelhecimento, deixando o cabelo opaco e sem vida. Não abuse de prancha e secador, muito menos do uso das duas ferramentas juntas. E nunca as use sem uma proteção térmica. No entanto, algumas escolhas podem ser traiçoeiras e, ao invés de modernizar o visual, acabam envelhecendo ainda mais.

captura-de-ecra-2016-11-22-as-10-11-28

5 DICAS DE ESTILO PARA MÃES TRABALHADORAS COM FALTA DE TEMPO

As mulheres, acredito, têm superpoderes.

Somos, sem dúvida, seres sobrenaturais, na maioria dos dias. Acumulamos tarefas e papéis e fazemos malabarismos impensáveis, quase sem nunca deixar cair os pratos. Quase, porque às tantas, há alguma coisa que cai por terra, que fica para trás.

Entre fraldas, fazer o jantar, trabalho, limpezas, choro, trabalhos de casa, horas extra, etc, etc, quem fica em último lugar somos nós mesmas, muitas vezes. É assim, não é?

Coisas como tempo para nós próprias, para pôr a leitura em dia, rituais de beleza ou até para decidir o que vestir todos os dias, não chegam a ter lugar na lista de tarefas diárias.

E é para facilitar essa situação específica – a das manhãs caóticas frente ao roupeiro – que aqui estamos hoje. Porque é possível estar bem e ter estilo de forma fácil e pacífica, mesmo quando temos o mundo inteiro sobre os nossos ombros e o tempo não se multiplica:

1– O minimalismo é amigo da falta de tempo, logo, comecem por ‘destralhar’ o guarda-roupa. Ah, mas isso ocupa tempo, dizem vocês. Pronto, eu disse que é fácil, não que é mágico. Preparar o  guarda-roupa ajuda muito na hora de vestir. Se ele está mais do que cheio de peças e peças, a maioria que nem usam, e nem sabem metade do que lá está, acredito que desencantar looks jeitosos com que se sintam bem e adequadas todos os dias seja uma tarefa, no mínimo, stressante.

Por isso, toca a reservarem uma manhã no fim-de-semana para limparem o armário de tudo o que está a mais – deixem apenas as peças essenciais e que usam efetivamente. Não precisamos de muita roupa para criarmos muitos looks, ela deve é ser versátil. E normalmente só utilizamos 20% do que temos no armário, por isso, há muito que pode ceder o seu lugar.

Aproveitem a limpeza para organizarem o closet – juntem as peças por tipo e por cores e vão ver que essa harmonia visual também facilita muito a hora de vestir;

2 – Planeiem antecipadamente. Se as manhãs são geralmente a correr para despachar os miúdos, tratar dos pequenos-almoços e mais uma vez a tentar despachar os miúdos que são muito apegados à cama, então talvez não seja a melhor altura para decidir o que vestir e esperar estar no nosso melhor. Deixem essa decisão e tarefa para a noite anterior – dediquem 5 minutos antes de dormir, com calma, para verificar a meteorologia do dia seguinte, reverem a vossa agenda e os compromissos e necessidades que terão para, então, olharem para o guarda-fatos e decidirem o que irão vestir no dia seguinte.

Preparem tudo, incluindo acessórios, e coloquem de parte, por exemplo, em cima de uma cadeira para que de manhã seja só pegar e vestir. Sem sequer pensar. Se acharem melhor e conseguirem fazer isso, podem até fazer o plano semanal do que vão vestir a semana toda, por exemplo, ao domingo à noite, como um plano de refeições. São mais cinco dias em que não têm que pensar no assunto.

 

3 – Preparem um kit de primeiro-socorros do estilo. Quem tem filhos sabe que as nódoas, vincos e buracos na roupa viram os melhores amigos. Por isso, será boa ideia andarem com uma bolsinha sempre convosco em que têm o vosso kit – um tira-nódoas, que as crianças podem ser expressivas a comer; uns collants extra, que nunca se sabe em que brinquedo eles podem ficar presos e até um conjuntinho de costura que uns puxões mais fortes fazem desparecer botões e afins.

4 – Não descurem os passos básicos de limpeza da pele e de maquilhagem. Já sei que as manhãs são a correr, mas reservem estes 5 minutos para a rotina de beleza. Vão agradecem e acreditem que não são mais de 5 minutos, é só uma questão de hábito.

Gel de limpeza + tónico + creme hidratante ocupa 1 minuto e ao mesmo tempo podem estar a gritar para o mais velho se levantar. Multi-tasking sempre! Depois é só colocar a base (se usarem BB Cream ou juntarem a base com o vosso hidratante diário, já é menos um passo), corretor de olheiras, pó para matificar, umas passagenzinhas de máscara de pestanas, uns toques de blush e gloss e estão despachadas em mais 2 minutos. Afinal, no total, a rotina de beleza só vos ocupa 3 minutos. Estão a ver, não é nada!

E o que sentem quando se olham ao espelho faz com que valha a pena o ‘tempo perdido’. Mas se, mesmo assim, com a correria matinal acham que é impossível, levem o necessaire com os produtos de maquilhagem convosco e terminem no escritório. No carro a conduzir, não, que isso deve ser um perigo!

5 – Por último, e a mais importante dica de estilo para mães trabalhadoras com o tempo contado, para estarem bem e se sentirem melhor ainda na vossa pele e com o que vestem é imprescindível que não se esqueçam de vocês. Quando tudo o resto é prioridade temos de achar espaço para nos pormos em primeiro lugar também. Porque a maneira como nos cuidamos passa uma mensagem e os outros estarão melhor se nós estivermos bem.