7 DICAS DE ESTILO PROFISSIONAL PARA OS DIAS MAIS QUENTES

O verão está aí e nem sempre é fácil manter o dress code profissional com as temperaturas elevadas na rua e o ar condicionado no escritório. O que dá mesmo vontade é usar um top com uns calções e calçar uns chinelos, não é verdade? Mas mesmo num ambiente informal o estilo deve ser mais cuidado, por isso esqueça a roupa de praia.

Se tem de respeitar um dress code no trabalho e não sabe o que usar nos dias mais quentes do ano, então conheça algumas sugestões de looks profissionais. Isto, não sendo o caso que em algumas empresas existem restrições ao nível do uso de jeans, t-shirts, sandálias, tops, decotes, entre outras peças de vestuário.

Se pretender modernizar o seu dresscode profissional então veja também estas dicas de estilo.

Inspire-se nestes looks profissionais para o verão:

1. Aposte em peças mais fluídas

7 dicas de estilo profissional para os dias mais quentes

Em vez de usar a roupa justa ao corpo prefira as peças mais fluídas. Um vestido ou uma saia evasé ou plissada, uma camisa ou blusa mais solta, bem como umas calças mais largas e fluídas ou culottes são sempre uma boa aposta para o verão.

2. Invista em tecidos mais frescos

7 dicas de estilo profissional para os dias mais quentes

Escolha tecidos mais leves e frescos, mas certifique-se de que estes não são muito transparentes ou deixam a lingerie à vista. Os tecidos naturais, como o algodão, seda, linho, cambraia ou mistos (com maior percentagem de fibras naturais), são preferíveis aos materiais sintéticos (poliéster, poliamida ou acrílico), que não deixam o corpo respirar e concentram o cheiro a transpiração.

3. Prefira tons mais claros

7 dicas de estilo profissional para os dias mais quentes

O branco, o bege e os tons pastel, ou seja, as cores mais claras são as ideais para enfrentar as temperaturas mais altas. As roupas escuras absorvem mais o calor, enquanto que o branco reflete a energia, tornado-se mais fresco.

4. Prefira coletes ou casacos com mangas a 3/4

7 dicas de estilo profissional para os dias mais quentes

Se tem de ter um visual mais cuidado, trocar o tradicional blazer por um colete de corte clássico pode ser uma boa alternativa. Esta terceira peça complementa o seu look profissional e pelo facto de não ter mangas, torna-se mais fresco. Além disso, o colete ajuda a disfarçar algumas zonas do corpo: uma barriguinha e um peito grande ou muito pequeno. Quando usados abertos criam uma linha vertical que alonga a silhueta. No entanto, os blazers mais fluídos e de meia manga também são uma boa aposta, sobretudo se trabalhar ou tiver uma reunião num local com ar condicionado.

5. Aproveite os decotes para usar acessórios

7 dicas de estilo profissional para os dias mais quentes

No verão apetece usar roupa mais decotada, mas evite usar peças muito cavadas, alças finas ou decotes profundos. Se o soutien ficar à vista é porque o decote não é apropriado e, neste caso, deve usar um top por baixo. No entanto, os decotes são perfeitos para valorizar esta zona do corpo com acessórios, como um colar ou lenço.

6. Evite comprimentos muito curtos

7 dicas de estilo profissional para os dias mais quentes

As mini-saias e os calções muito curtos são mais indicadas para o fim de semana, do que para o local de trabalho. Prefira peças com um comprimento até um palmo acima do joelho, já que quando se senta estas tendem a ficar ainda mais curtas e a atrair os olhares de quem a rodeia. Além disso, evite tops curtos que mostrem a barriga, devendo optar por comprimentos por altura ou abaixo da cintura.

7. Invista em lingerie adequada

7 dicas de estilo profissional para os dias mais quentes

Muitas vezes esquecida num coordenado, a lingerie é fundamental num look profissional. No verão, os tecidos têm tendência a ser mais finos e claros e usam-se mais decotes e alças, por isso é importante que a roupa interior seja a mais adequada. Evite os tons muito vivos, escuros, estampados ou rendas transparentes com roupa muito clara, pois vai notar-se. Com uma camisa ou calças brancas o ideal é usar lingerie cor de pele e opaca. E se usar alças finas não se esqueça de que as alças de silicone não ficam invisíveis, pelo que deve optar por modelos de soutien sem alças.

Fonte: Instyleland

Anúncios

7 DICAS DE ESTILO PROFISSIONAL PARA OS DIAS MAIS QUENTES

O verão está aí e nem sempre é fácil manter o dress code profissional com as temperaturas elevadas na rua e o ar condicionado no escritório. O que dá mesmo vontade é usar um top com uns calções e calçar uns chinelos, não é verdade? Mas mesmo num ambiente informal o estilo deve ser mais cuidado, por isso esqueça a roupa de praia.

Se tem de respeitar um dress code no trabalho e não sabe o que usar nos dias mais quentes do ano, então conheça algumas sugestões de looks profissionais. Isto, não sendo o caso que em algumas empresas existem restrições ao nível do uso de jeans, t-shirts, sandálias, tops, decotes, entre outras peças de vestuário.

Se pretender modernizar o seu dresscode profissional então veja também estas dicas de estilo.

Inspire-se nestes looks profissionais para o verão:

1. Aposte em peças mais fluídas

7 dicas de estilo profissional para os dias mais quentes

Em vez de usar a roupa justa ao corpo prefira as peças mais fluídas. Um vestido ou uma saia evasé ou plissada, uma camisa ou blusa mais solta, bem como umas calças mais largas e fluídas ou culottes são sempre uma boa aposta para o verão.

2. Invista em tecidos mais frescos

7 dicas de estilo profissional para os dias mais quentes

Escolha tecidos mais leves e frescos, mas certifique-se de que estes não são muito transparentes ou deixam a lingerie à vista. Os tecidos naturais, como o algodão, seda, linho, cambraia ou mistos (com maior percentagem de fibras naturais), são preferíveis aos materiais sintéticos (poliéster, poliamida ou acrílico), que não deixam o corpo respirar e concentram o cheiro a transpiração.

3. Prefira tons mais claros

7 dicas de estilo profissional para os dias mais quentes

O branco, o bege e os tons pastel, ou seja, as cores mais claras são as ideais para enfrentar as temperaturas mais altas. As roupas escuras absorvem mais o calor, enquanto que o branco reflete a energia, tornado-se mais fresco.

4. Prefira coletes ou casacos com mangas a 3/4

7 dicas de estilo profissional para os dias mais quentes

Se tem de ter um visual mais cuidado, trocar o tradicional blazer por um colete de corte clássico pode ser uma boa alternativa. Esta terceira peça complementa o seu look profissional e pelo facto de não ter mangas, torna-se mais fresco. Além disso, o colete ajuda a disfarçar algumas zonas do corpo: uma barriguinha e um peito grande ou muito pequeno. Quando usados abertos criam uma linha vertical que alonga a silhueta. No entanto, os blazers mais fluídos e de meia manga também são uma boa aposta, sobretudo se trabalhar ou tiver uma reunião num local com ar condicionado.

5. Aproveite os decotes para usar acessórios

7 dicas de estilo profissional para os dias mais quentes

No verão apetece usar roupa mais decotada, mas evite usar peças muito cavadas, alças finas ou decotes profundos. Se o soutien ficar à vista é porque o decote não é apropriado e, neste caso, deve usar um top por baixo. No entanto, os decotes são perfeitos para valorizar esta zona do corpo com acessórios, como um colar ou lenço.

6. Evite comprimentos muito curtos

7 dicas de estilo profissional para os dias mais quentes

As mini-saias e os calções muito curtos são mais indicadas para o fim de semana, do que para o local de trabalho. Prefira peças com um comprimento até um palmo acima do joelho, já que quando se senta estas tendem a ficar ainda mais curtas e a atrair os olhares de quem a rodeia. Além disso, evite tops curtos que mostrem a barriga, devendo optar por comprimentos por altura ou abaixo da cintura.

7. Invista em lingerie adequada

7 dicas de estilo profissional para os dias mais quentes

Muitas vezes esquecida num coordenado, a lingerie é fundamental num look profissional. No verão, os tecidos têm tendência a ser mais finos e claros e usam-se mais decotes e alças, por isso é importante que a roupa interior seja a mais adequada. Evite os tons muito vivos, escuros, estampados ou rendas transparentes com roupa muito clara, pois vai notar-se. Com uma camisa ou calças brancas o ideal é usar lingerie cor de pele e opaca. E se usar alças finas não se esqueça de que as alças de silicone não ficam invisíveis, pelo que deve optar por modelos de soutien sem alças.

Fonte: Instyleland

8 Tendências obrigatórias para usar já nesta estação!

 

1– Saia envelope e trench coat são peças essenciais nesta estação!

Não descure cuidados para deixar as pernas á mostra: nesta estação, saias-envelope revelam aberturas generosas – que, feitas de materiais que vão do jeans, à malha metalizada (PatBo), circulam tanto de dia como à noite.

    – SENTIDO!Captura de ecrã 2017-05-16, às 20.31.21

Criado por Thomas Burberry para ser utilizado pelos Captura de ecrã 2017-05-16, às 20.31.21britânicos na Primeira Guerra Mundial (o nome é uma referência às trincheiras), o trench coat é elevado à peça-chave, reinterpretado em diferentes estilos, do desconstruído ao street.

2- CLOCHARD

Com cintura alta, proposital sobra de tecido nas coxas e ancas, e até o as que prendem na barriga da perna, o modelo de calça desfilado pela Fendi conquistou lugar cativo no closet da estação.

Desfilada por grifes internacionais como Hermès e Stella McCartney (por aqui, há ótimas versões nas coleções de inverno da A.Brand, da Sissa e da Cris Barros), a clochard tem papel de chave para usar já.

“O seu grande trunfo é ser confortável e elegante. Usa-se este tipo de calça tanto para trabalhar quanto para sair à noite, combinando bodies ou até camisas de seda.

Calças  (Foto: Reprodução)1. Johanna Ortiz; 2. Giuseppe Di Morabito; 3. Gig ; 4. Stella McCartney; 5. Asos ; 6. Vivienne Westwood Anglomania  (Foto: Reprodução)
Calças  (Foto: Reprodução)1. River Island ; 2. Diesel ; 3. Fendi ; 4. Eden  (Foto: Reprodução)

3- LEGGING
Hit do guarda-roupa de Instamodels como Gigi Hadid e Kendall Jenner, a legging ganha agora versões elaboradas – Balenciaga, Marc Jacobs e Versace estão entre as grifes que investiram na peça nos seus desfiles para o verão 2017.

“Para manter a elegância, eleja leggings de materiais sofisticados e combine-as com sapatos poderosos e tops larguinhos”, ensina. Confira alguns modelos abaixo:

Calças Legging (Foto: Reprodução)1. Saint Laurent ; 2. Adidas Originals; 3. Carina Duek; 4. Carina Duek ; 5. Murmur (Foto: Reprodução)

 

4- T-shirt
Usadas com saias de tule, as t-shirts básicas estampadas com dizeres feministas da Dior têm carta branca para circular inclusive em salões de festa.

 

Captura de ecrã 2017-05-16, às 20.59.53

5- Vichy
Inspire-se em Peter Pilotto, que aplicou motivos multicoloridos sobre o tecido de minivestidos, para recorrer ao estampado xadrez do momento sem evocar o ar “toalha de piquenique”.

Captura de ecrã 2017-05-16, às 21.11.12.png

 

6- Os brincos em formato bola!Captura de ecrã 2017-05-16, às 20.32.08

-Os brincos em formato de bola são hit entre as fashionistas – olho nos Les Bonbons, da joalheira criada em Paris Rebecca de Ravenel, à venda no Moda Operandi.

7- Brincos diferentes!

Sabe quando sai de casa tão apressada que quando percebe está com um brinco diferente em cada orelha? Pois descombinar a peça virou moda, depois de aparecer como proposta nos desfiles de verão 2016 da Céline e Loewe.

A ideia também foi destaque na coleção de inverno 2017 do designer americano Eddie Bogo, que apostou no “par” descombinado de brincos, mas ambos seguindo uma mesma linguagem e com inspiração no espaço sideral – mostra uma forma discreta de entrar na moda.

Os brincos "descombinados" de Eddie Borgo (Foto: Reprodução/Instagram)Os brincos “descombinados” de Eddie Borgo (Foto: Reprodução/Instagram)

Diga adeus ao conjunto e atualize a forma como usa o  brinco é uma ótima desculpa para voltar a usar aquela peça que adorava, mas perdeu um item do par.

8- MONOCROMIA: Use o mesmo tom da cabeça aos pés!Captura de ecrã 2017-05-16, às 20.33.24

Não importa se o eleito será o neutro ou o pastel: vestir o mesmo tom da cabeça aos pés é o mandamento cromático número 1 desta estação. Laranja, amarelo, roxo, azul… e a lista de cores apareceu na passarela de estilistas como Victoria Beckham, Dior, Chanel, Emilio Pucci e muito mais.

Mostramos ao longo desta página os melhores looks para adotar já e nas proximas estações. Inspire-se!

Use o mesmo tom da cabeça aos pés (Foto: Morgan Odonovan, Paulo Troya, Michael Shwartz/ Reprodução Vogue México (P. 97), Patrick Demarchelier/Reprodução Vogue America (P. 99), Daniel Zuchnick/Getty Images e Divulgação)Laranja: Sies Marjan e Victoria Beckham (Foto: Morgan Odonovan, Paulo Troya, Michael Shwartz/ Reprodução Vogue México (P. 97), Patrick Demarchelier/Reprodução Vogue America (P. 99), Daniel Zuchnick/Getty Images e Divulgação)
Use o mesmo tom da cabeça aos pés (Foto: Morgan Odonovan, Paulo Troya, Michael Shwartz/ Reprodução Vogue México (P. 97), Patrick Demarchelier/Reprodução Vogue America (P. 99), Daniel Zuchnick/Getty Images e Divulgação)Vermelho: Dior e Sportmax (Foto: Morgan Odonovan, Paulo Troya, Michael Shwartz/ Reprodução Vogue México (P. 97), Patrick Demarchelier/Reprodução Vogue America (P. 99), Daniel Zuchnick/Getty Images e Divulgação)
Use o mesmo tom da cabeça aos pés (Foto: Morgan Odonovan, Paulo Troya, Michael Shwartz/ Reprodução Vogue México (P. 97), Patrick Demarchelier/Reprodução Vogue America (P. 99), Daniel Zuchnick/Getty Images e Divulgação)Amarelo: Chanel e Emilio Pucci (Foto: Morgan Odonovan, Paulo Troya, Michael Shwartz/ Reprodução Vogue México (P. 97), Patrick Demarchelier/Reprodução Vogue America (P. 99), Daniel Zuchnick/Getty Images e Divulgação)
Use o mesmo tom da cabeça aos pés (Foto: Morgan Odonovan, Paulo Troya, Michael Shwartz/ Reprodução Vogue México (P. 97), Patrick Demarchelier/Reprodução Vogue America (P. 99), Daniel Zuchnick/Getty Images e Divulgação)Rosa: Valentino e Trussardi (Foto: Morgan Odonovan, Paulo Troya, Michael Shwartz/ Reprodução Vogue México (P. 97), Patrick Demarchelier/Reprodução Vogue America (P. 99), Daniel Zuchnick/Getty Images e Divulgação)
Use o mesmo tom da cabeça aos pés (Foto: Morgan Odonovan, Paulo Troya, Michael Shwartz/ Reprodução Vogue México (P. 97), Patrick Demarchelier/Reprodução Vogue America (P. 99), Daniel Zuchnick/Getty Images e Divulgação)Roxo: Nina Ricci e Y Project (Foto: Morgan Odonovan, Paulo Troya, Michael Shwartz/ Reprodução Vogue México (P. 97), Patrick Demarchelier/Reprodução Vogue America (P. 99), Daniel Zuchnick/Getty Images e Divulgação)
Use o mesmo tom da cabeça aos pés (Foto: Morgan Odonovan, Paulo Troya, Michael Shwartz/ Reprodução Vogue México (P. 97), Patrick Demarchelier/Reprodução Vogue America (P. 99), Daniel Zuchnick/Getty Images e Divulgação)Azul: Philosophy e Marni (Foto: Morgan Odonovan, Paulo Troya, Michael Shwartz/ Reprodução Vogue México (P. 97), Patrick Demarchelier/Reprodução Vogue America (P. 99), Daniel Zuchnick/Getty Images e Divulgação)
Use o mesmo tom da cabeça aos pés (Foto: Morgan Odonovan, Paulo Troya, Michael Shwartz/ Reprodução Vogue México (P. 97), Patrick Demarchelier/Reprodução Vogue America (P. 99), Daniel Zuchnick/Getty Images e Divulgação)

5 CONSELHOS QUE VÃO FAZER CRESCER O SEU CABELO

Captura de ecrã 2017-03-1, às 19.12.12.pngFez um corte mais curto e, logo depois, arrependeu-se? Dois cabeleireiros internacionais de renome explicam as estratégias a adotar para remediar o problema!

Não há como negá-lo. Já todas passámos por isto. Deixar que as amigas, as colegas de trabalho ou até um cabeleireiro nos convencesse a fazer aquele corte super moderno que fica tão perfeito nas celebridades. Mas, assim que se olhou ao espelho no dia seguinte, arrependeu-se da decisão. Já lhe aconteceu, pois já? E, se calhar, até mais do que uma vez. A boa notícia é, obviamente, que o cabelo volta a crescer!

A má notícia é que chega a parecer que vai demorar uma eternidade, especialmente quando está insatisfeita com o seu look no momento. Mas não se assuste. Há cinco passos que podem ajudar o seu cabelo a crescer. Dois hair stylists de renome, experts da marca de tratamentos e cuidados capilares Viviscal, partilham os seus melhores truques de crescimento de cabelo, para ajudar o seu a crescer maior e mais forte.

1. (Re)faça o corte

Pode parecer contraditório, mas quando o objetivo é ter o cabelo comprido, umas tesouradas regulares são essenciais. «Ao mesmo tempo que desacelera o crescimento do cabelo, a ausência de corte mantém as pontas espigadas na extremidade e impede que os fios continuem a crescer, tornando-se quebradiços, o que pode fazer com que sinta que o cabelo não cresce de todo», avisa o cabeleireiro John Mouzakis.

Faça um corte a cada três meses aproximadamente e peça que seja feito com um aparador mais fininho que só retire as pontas. Há ainda outro benefício nos cortes regulares. «O seu cabeleireiro pode ajudar a redesenhar o seu corte, para que ele fique bonito mesmo durante a fase de crescimento», acrescenta Nick Pena, proprietário e stylist do SalonCapri, em Boston, nos EUA.

2. Desligue-se do calor

O uso diário de acessórios de styling com altas temperaturas provoca grandes danos no cabelo, levando às pontas espigadas e quebras que retardam ou até impedem o crescimento do cabelo. A melhor solução é evitar toda e qualquer ferramenta de calor, mas sabemos que pode ser difícil largar a máquina de encaracolar ou o ferro de esticar.

Se a sua dependência por estes acessórios for muito forte, garanta que utiliza um protetor de calor cada vez que seca, estica ou encaracola o cabelo. Aplique a proteção no cabelo ainda molhado e penteie-o para distribuir o produto uniformemente ainda antes de começar o styling.

3. Acabe com o cabelo quebradiço

Até os hábitos mais naturais podem levar a uma quebra acidental e a danos nos fios de cabelo ou na raiz, alerta Nick Pena. Uma ótima solução é ter atenção à forma como se penteia. Se pentear o cabelo de cima para baixo, começando no couro, pequenos embaraços podem transformar-se num grande nó. Em vez disso, comece pelas pontas do cabelo e vá subindo aos poucos.

Os apanhados também podem ser uma boa ajuda. Mas atenção, porque «apanhar o cabelo para trás com muita força pode causar danos na zona frontal do couro, criando cabelinhos pequenos que são também difíceis de dominar à medida que deixa crescer o cabelo», adverte o cabeleireiro. Faça apanhados mais soltos e use elásticos mais suaves para minimizar a quebra e potenciar um crescimento bonito.

4. Disfarce até alcançar o objetivo

A paciência é uma virtude, mas se simplesmente não consegue esperar até ter cabelos longos, pode sempre considerar colocar extensões para conferir comprimento e volume. Mas cuidado! Utilizar extensões e costuras de cabelo num longo prazo pode provocar danos no cabelo já existente e até magoar o couro cabeludo, levando a um desbastamento e dano dos fios de cabelo conhecido por alopecia. Isto pode levar a um ciclo vicioso, porque se o cabelo tiver um aspeto mais fino e danificado, a pessoa é tentada a manter as extensões por períodos de tempo mais longos.

Em vez disso, experimente uma solução de molas que pode ser colocada e retirada em casa, pois danifica menos e dá-lhe liberdade para escolher se quer utilizar ou não. Se preferir extensões cosidas de forma profissional faça-as com um cabeleireiro especialista, mas tenha em mente que, para além dos danos, as extensões permanentes requerem alguma manutenção, uma vez que crescem na mesma medida que o cabelo, alerta Nick Pena.

5. Tome vitaminas

Os suplementos para crescimento do cabelo atuam nutrindo os folículos capilares com as vitaminas, minerais, complexos de proteína e outros nutrientes que são muito importantes para o crescimento. Um cabelo quebradiço e sem vida pode ser resultado de uma má alimentação e deficiência de vitaminas. Por isso, reponha os nutrientes ausentes da sua alimentação a fim de estimular o crescimento de cabelo.

«Não é má ideia considerar tomar um suplemento», afirma John Mouzakis, stylist no Mixed Co. Salon, em Chicago, nos EUA, que recomenda Viviscal Maximum Strength. Um complemento alimentar que contém biotina, substância que ajuda o corpo a metabolizar aminoácidos e aumenta a produção de keratina, a proteína que compõe a estrutura do cabelo.